Google+

A Insensível dança das folhas secas

Deixe um comentário

8 de agosto de 2013 por Eder Silva

There is a war between the rich and poor,

a war between the man and the woman.

There is a war between the ones who say there is a war

and the ones who say there isn’t.”

(LEONARD COHEN)

“Existe uma guerra entre o rico e o pobre,

uma guerra entre o homem e a mulher.

Existe uma guerra entre os que dizem que existe uma

guerra e os que dizem que não existe.”

 vickmuniz

Enquanto imensa proporção desconfia que a Guerra Fria findou-se na contemporaneidade

a sutileza cíclica do cotidiano se nos impõe – a Morna Guerra.

Esta, mais aterradora e sinistra, fragmentada nas desilusões,

Continuamente se refaz, latente em nossa ensanguentada terra.

Onde muito se imagina pacífica e justa – ao passo que a penúria aplaca nossa conterraneidade

Que o Deus não nos torne admiráveis estátuas de sal (…)

Que não sejamos transformados em um amontoado de confusões

resistindo a dura realidade, como as gazelas que fogem dos leões

Que o bramido da Justiça não nos consuma de vez por todas – pois

há promessa de remanescência em nosso arraial (…)

Enquanto as folhas secas dançam, ensimesmadas em sua pútrida hipocrisia afim

tomemos primeiramente os despojos da arrogância e ganância cega em Manhatan,

depois marchemos impiedosamente, acabando com a ideologia bárbara em Berlim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Para não-usuários Wordpress digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 8 outros seguidores

Arquivos

agosto 2013
S T Q Q S S D
« jun   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Livros Recomendados

Estatísticas do Blog

  • 556 hits
a n➐w ame n t e

T O D O S O U ♾ UM : OM E S M O U T R O

POESIAS DE MIM

Alma Boaventura

escamandro

poesia tradução crítica

Marinho

Outsider é um termo voltado àqueles que buscam enxergar não apenas o que está impresso na capa, o que aparentemente é mostrado como verdadeiro, mas também o lado de fora, o que muitos se abstêm de averiguar. O outsider é o caminhante, o peregrino, o visionário forasteiro que vê o que há de ilimitado nas hipóteses. O que não aceita de imediato o pré-estabelecido. No livro "O outsider" Collin Wilson chegou bem próximo do que expressa o termo. Entre o real e o virtual, escrever afinal não faz nem um mal. Mesmo assim, aí vai meu sinal, pra você, leitor, que não quer só o trivial, e sim o que vai além, o transcendental, o total, o essencial. Embarque nessa trip, e vamos juntos, vamos fundo nessa aventura. Fique à vontade, a casa é sua!

DOCVERDADE - Documentários

Outsider é um termo voltado àqueles que buscam enxergar não apenas o que está impresso na capa, o que aparentemente é mostrado como verdadeiro, mas também o lado de fora, o que muitos se abstêm de averiguar. O outsider é o caminhante, o peregrino, o visionário forasteiro que vê o que há de ilimitado nas hipóteses. O que não aceita de imediato o pré-estabelecido. No livro "O outsider" Collin Wilson chegou bem próximo do que expressa o termo. Entre o real e o virtual, escrever afinal não faz nem um mal. Mesmo assim, aí vai meu sinal, pra você, leitor, que não quer só o trivial, e sim o que vai além, o transcendental, o total, o essencial. Embarque nessa trip, e vamos juntos, vamos fundo nessa aventura. Fique à vontade, a casa é sua!

JOSPREY

Outsider é um termo voltado àqueles que buscam enxergar não apenas o que está impresso na capa, o que aparentemente é mostrado como verdadeiro, mas também o lado de fora, o que muitos se abstêm de averiguar. O outsider é o caminhante, o peregrino, o visionário forasteiro que vê o que há de ilimitado nas hipóteses. O que não aceita de imediato o pré-estabelecido. No livro "O outsider" Collin Wilson chegou bem próximo do que expressa o termo. Entre o real e o virtual, escrever afinal não faz nem um mal. Mesmo assim, aí vai meu sinal, pra você, leitor, que não quer só o trivial, e sim o que vai além, o transcendental, o total, o essencial. Embarque nessa trip, e vamos juntos, vamos fundo nessa aventura. Fique à vontade, a casa é sua!

Blog do Avila

Divagando, para aproveitar melhor as horas vagas...

O outsider

Outsider é um termo voltado àqueles que buscam enxergar não apenas o que está impresso na capa, o que aparentemente é mostrado como verdadeiro, mas também o lado de fora, o que muitos se abstêm de averiguar. O outsider é o caminhante, o peregrino, o visionário forasteiro que vê o que há de ilimitado nas hipóteses. O que não aceita de imediato o pré-estabelecido. No livro "O outsider" Collin Wilson chegou bem próximo do que expressa o termo. Entre o real e o virtual, escrever afinal não faz nem um mal. Mesmo assim, aí vai meu sinal, pra você, leitor, que não quer só o trivial, e sim o que vai além, o transcendental, o total, o essencial. Embarque nessa trip, e vamos juntos, vamos fundo nessa aventura. Fique à vontade, a casa é sua!

Cristianismo Outsider

"Consistência tola é o demônio das mentes pequenas" (Emerson)

Ateismo Politico

Tenuta Sandi WordPress.com site

Blog de Sociologia Política

Os processos sócio-políticos e o dia-a-dia

%d blogueiros gostam disto: